conecte-se conosco


MATO GROSSO

Governo abre licitação para construir ponte de 240 metros sobre o Rio Aripuanã

Publicados

em

 

.

O Governo do Estado, por meio Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra), abriu licitação para contratar empresa de engenharia para executar a construção da ponte de concreto na MT-208 sobre o Rio Aripuanã, no município de Aripuanã (949 km de Cuiabá). A abertura da licitação está publicada no Diário Oficial que circula nesta segunda-feira (29.06).

A ponte vai substituir uma estrutura de madeira já existente e permitir a ligação de Aripuanã, ao distrito de Conselvan, assim como à cidade de Rondolândia e ao estado de Rondônia com maior segurança. Além disso, será uma importante ferramenta para o escoamento da produção e será fundamental para fortalecer o desenvolvimento econômico da região Noroeste de Mato Grosso.

Conforme o edital de licitação, a ponte terá uma extensão de 240 metros e uma largura de 12,8 metros, totalizando uma área de 3.072 m². Está prevista ainda a execução do encabeçamento das duas cabeceiras da ponte, em uma extensão de 1,73 quilômetro. O valor estimado do conjunto de obras é de R$ 15,9 milhões.

Leia Também:  Polícia Civil investiga identidade de ossada localizada em Santo Antônio de Leverger

A ponte vai substituir uma estrutura de madeira já existente e permitir a ligação de Aripuanã, ao distrito de Conselvan, à cidade de Rondolândia com maior segurança

De acordo com o secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, Marcelo de Oliveira, essa obra será de grande importância para Aripuanã, especialmente para o escoamento da produção da região Oeste do município – e será realizada por meio de uma parceria firmada entre Estado e prefeitura. Serão investidos R$ 10 milhões do Governo do Estado, além de recursos da União, por meio da Superintendência de Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco).

A licitação será realizada na modalidade Regime Diferenciado de Contratação (RDC), do tipo menor preço. A entrega das propostas ocorrerá durante sessão pública no dia 21 de julho, às 9h, no auditório da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag). A expectativa é que essa licitação apresente um deságio em relação ao valor estimado, assim como ocorreu no processo licitatório às obras de pavimentação da MT-208, no município.

As obras da MT-208 foram contratadas por aproximadamente R$ 39 milhões, o que representou uma economia de R$ 10 milhões ao Governo do Estado. São asfaltados 41,69 quilômetros da rodovia MT-208, no trecho que vai de Aripuanã até Passagem do Loreto, localizado no entroncamento da MT-418 que dá acesso à BR-174.

Leia Também:  Detran-MT dispõe de canal para tirar dúvidas e prestar informações aos cidadãos

Outras informações acerca da licitação da ponte de concreto, como o edital completo, o projeto executivo e demais documentações complementares encontram-se disponíveis para consulta no site da Sinfra. Eventuais esclarecimentos de dúvidas quanto ao edital poderão ser solicitados, preferencialmente, via e-mail [email protected]

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MATO GROSSO

Catadores do Lixão de Cuiabá são beneficiados com cestas básicas e cobertores

Publicados

em


.

Mais de 350 famílias que sobrevivem da reciclagem de lixos retirados do Aterro Sanitário de Cuiabá foram beneficiadas novamente com a campanha “Vem Ser Mais Solidário – MT unido contra o coronavírus”. Essa já é a segunda entrega realiza no local desde que a pandemia se instalou no Estado.  Além de alimentos e produtos de limpeza e higiene, os catadores receberam também cobertores do programa Aconchego. 

As ações solidarias do Governo do Estado são realizadas pela Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc) e lideradas voluntariamente pela primeira-dama, Virginia Mendes. 

A secretária da Setasc, Rosamaria Carvalho, que acompanhou pessoalmente a distribuição das cestas básicas, destacou a importância das ações para as famílias carentes e que também foram prejudicadas pela pandemia. “A intenção do Governo do Estado é oferecer um pouco de proteção paras essas pessoas que se enquadram na situação de extrema vulnerabilidade social e econômica. As iniciativas são todas lideradas voluntariamente pela primeira-dama do Estado, que tem um olhar fraterno por essas famílias”. 

O representante do Movimento Nacional dos Catadores, Tiago Silva, ressaltou que o sentimento é de gratidão por mais uma vez ser lembrado pela primeira-dama. “As famílias atendidas foram afetadas pela crise. Esses alimentos vieram atender quem realmente precisa”.

Leia Também:  Arthur Aguiar lamenta sua atitude com Mayra Cardi: "Ninguém merece ser traído"

Antônio de Oliveira, que é vice-presidente da Cooperativa dos Trabalhadores de Materiais Recicláveis (Coopemar), contou que devido a pandemia as vendas de materiais recicláveis caíram. “A maioria desses materiais vendemos para empresas em São Paulo, mas devido a essa crise, muitas delas estão com as portas fechadas. O nosso estoque está maior que o esperado e as famílias não estão tendo renda por falta de venda desses produtos”. 

Para o catador Willian de Jesus, toda ajuda recebida é muito bem-vinda. “Só podemos agradecer por receber essas cestas e esses cobertores”.

 Aconchego

O Programa Aconchego, que já está em sua segunda edição, vai distribuir 200 mil cobertores paras as pessoas mais vulneráveis. No ano passado, foram beneficiadas 100 mil pessoas em todo Estado. E este ano a meta foi dobrada, em razão do aumento de pessoas carentes e em situação de vulnerabilidade social. 

Além dos municípios, os cobertores também serão entregues para moradores de rua, comunidades indígenas, entidades filantrópicas e famílias que se enquadram em situação de extrema vulnerabilidade. 

Para o cadastro de atendimento, as instituições, entidades e/ou grupos representativos devem enviar um ofício para o e-mail [email protected], com a lista das pessoas que serão beneficiadas, contendo nome completo, CPF, nome da mãe e número de identificação social (NIS).

Leia Também:  Programa Nota MT reinicia sorteios na segunda-feira

Vem Ser Mais Solidário

A Campanha Vem Ser Mais Solidário – MT unido contra o coronavírus já está na segunda etapa e tem como meta distribuir mais de 100
mil cestas básicas nesta segunda fase. 

Em pouco mais de dois meses, a ação, que é liderada voluntariamente pela primeira-dama Virginia Mendes, arrecadou mais de R$ 5 milhões em doações, recursos que serão revertidos na compra de mais cestas básicas.

Esses recursos, somados aos investimentos realizados diretamente pelo Governo de Mato Grosso, vão possibilitar a distribuição de aproximadamente 230 mil cestas básicas ao todo, em todo Estado, beneficiando famílias carentes nos 141 municípios, algo em torno de 1,150 milhão de mato-grossenses, tendo em vista que cada cesta é capaz de alimentar uma família com cinco pessoas em média.

Se você quiser ajudar pode doar recursos diretamente na conta bancária especial, aberta exclusivamente para isso: Banco do Brasil, agência 3834-2, conta corrente número 1.042.810-0 (CNPJ 03.507.415/0009-00). Todas as doações serão revertidas para compra de cestas básicas.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

LEGISLATIVO

MATO GROSSO

POLICIAL

POLÍTICA MT

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA NACIONAL

MAIS LIDAS DA SEMANA