conecte-se conosco


MATO GROSSO

Governo publica orientações aos Municípios para acesso ao maior programa de construção de pontes do Brasil

Redação

Publicados

em


.

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra), lançou um manual de orientação aos Municípios que tenham interesse em formalizar parceria com o Poder Público para participação no maior programa de construção e substituição de pontes de madeira já realizado no Brasil. Veja aqui o manual.

O programa foi lançado pelo governador Mauro Mendes após assinatura de contrato de operação de crédito junto à Caixa Econômica Federal (CEF), na última semana. Neste programa, os projetos selecionados serão beneficiados com materiais e insumos e os Municípios ficarão responsáveis pela elaboração do projeto executivo e pelos serviços de execução das obras, que poderão ocorrer tanto em rodovias estaduais quanto municipais não pavimentadas.

Por meio do programa serão adquiridos pelo Governo do Estado e repassados aos municípios 5 mil metros de bueiros metálicos, 22 mil metros lineares de aduelas de concreto e 900 pares de conjuntos de vigas metálicas e lajes pré-moldadas.  Com a aquisição desses materiais será possível a substituição de pontes de madeira por pontes com estrutura de vigas metálicas, por  aduelas de concreto ou por bueiros metálicos, totalizando até 5 mil obras de arte especiais.

O secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, Marcelo de Oliveira, explicou que apesar do alto investimento na ordem de R$ 177 milhões, o valor não é suficiente para atendimento integral das demandas dos municípios. Por essa razão, foram estabelecidos alguns critérios para a participação e seleção dos projetos a serem beneficiados.

Leia Também:  Mais de 3 mil motoristas tiveram a CNH suspensa nos últimos dois anos

“Temos atualmente 2.047 pontes de madeira em rodovias estaduais e estima-se que existam outras 14 mil pontes de madeira sob responsabilidade dos 141 municípios de Mato Grosso. Então, estabelecemos critérios para participação dos Municípios, de modo a atender os locais com maior necessidade de substituição dessas pontes de madeira”, explicou o secretário.

Como participar?

Podem participar do programa as Prefeituras e Consórcios Intermunicipais aptos a formalizar convênios com a Sinfra e que já possuam projetos para construção de obras de arte especiais em substituição a pontes de madeira. 

A orientação é que as interessadas elaborem uma relação das pontes de madeira que precisam ser substituídas, para auxiliar na definição do objeto da parceria apresentado à Sinfra.  E, a partir desse levantamento, realizem o estudo hidrológico de cada uma das obras de arte especiais que desejam executar via programa.

Esse estudo hidrológico deve ser apresentado com uma justificativa contendo dados socioeconômicos da região junto à Proposta de Plano de Trabalho, que deverá ser enviada via Sistema de Gestão de Convênios de Mato Grosso (Sigcon). Não há limite para apresentação de estudos hidrológicos dentro de um mesmo Plano de Trabalho.

No entanto, as interessadas devem observar, principalmente, que a escolha de obras deve considerar aquelas que estejam localizadas em rodovias estaduais ou municipais implantadas e que sejam usadas como rotas de escoamento de produção agrícola e industrial, como linha de transporte escolar e como acesso a unidades de saúde, e que deem acesso a distritos e comunidades locais.

Leia Também:  Primeira-dama atende bazar comunitário do Renascer com doação de mais de 200 peças

Após o Plano de Trabalho enviado via Sigcon, as Prefeituras e Consórcios Intermunicipais deverão protocolar na Sinfra um ofício direcionado ao secretário de Estado de Infraestrutura e Logística manifestando interesse, que deverá incluir a proposta do plano de trabalho e os estudos hidrológicos previstos para formalização dos convênios.

Seleção

A Sinfra adotará critérios técnicos vinculados ao planejamento estratégico do Governo para selecionar as obras a serem beneficiadas. Serão consideradas a capacidade de execução do município – como prazo, orçamento, histórico de convênios anteriores -, a disponibilidade de materiais e insumos do programa para distribuição, a qualidade dos estudos e projetos e a justificativa apresentada pelos municípios para definição das propostas contempladas.

Somente após a análise da proposta e dos estudos hidrológicos, a Sinfra dará autorização para que as Prefeituras e Consórcios Intermunicipais detalhem os projetos executivos das obras selecionadas. Após isso, será feita a análise técnica e elaboração de parecer visando à formalização da parceria. Uma vez que a parceria seja formalizada, será dada a emissão de ordem de fornecimento dos produtos. O prazo de conclusão das obras é de 24 meses.

Para outras informações, as interessadas podem acessar o site da Sinfra, no menu de Parcerias, ou entrar em contato com a Superintendência de Gestão de Convênios pelo telefone 3613-0511  ou pelo e-mail: [email protected]

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MATO GROSSO

Governo de MT firma cooperação para facilitar parcerias comerciais com a China

Redação

Publicados

em

Por


O Governo de Mato Grosso firmou nesta quarta-feira (20.01) o marco de cooperação com o Instituto Sociocultural Brasil-China (Ibrachina) com o objetivo de facilitar parcerias para promoção comercial, atração de investimentos e fomento de iniciativas para o desenvolvimento econômico, educação, cultura e ciência e tecnologia entre o Estado e a China.

O governador Mauro Mendes assinou o protocolo de intenções com o instituto, destacando que o país asiático é o principal mercado para os produtos mato-grossenses, principalmente, diante do crescimento econômico da China.

“A China é o principal parceiro comercial de Mato Grosso nos últimos onze anos e justamente por isso, essas relações institucionais são tão importantes. Temos grande capacidade de continuar crescendo, principalmente, no setor da produção de alimentos, que pode ser dobrada nos próximos anos, e vejo na China a maior oportunidade que Mato Grosso tem de ampliar suas exportações e de gerar emprego e renda”, afirmou Mauro Mendes.

O diretor-presidente do Ibrachina, Thomas Law, participou da solenidade por videoconferência e afirmou que o país tem grande interesse em estreitar as relações econômicas, educacionais e culturais e que a intenção do instituto é aprimorar essas iniciativas junto ao Governo de Mato Grosso.

Leia Também:  Peixoto de Azevedo ganha nova escola e quadras poliesportivas

“Posso garantir que nos empenharemos ao máximo para fazer o melhor possível para criar esse programa de valorização com a China, para que Mato Grosso torne-se uma referência para os países asiáticos”, asseverou Thomas Law.

Além do governador e do representante do instituto, também assinaram o protocolo o secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, o secretário de Desenvolvimento Econômico, Cesar Miranda, e deputados estaduais.

“É mais um passo na política internacional desenvolvida pelo Governo de Mato Grosso, pois agora temos um importante parceiro, que vai nos aproximar culturalmente e comercialmente da China, trazendo ainda mais investimentos e melhorando a economia do Estado”, destacou Cesar Miranda.

Participaram da solenidade os secretários de Estado Alberto Machado (Cultura, Esporte e Lazer), Alan Porto (Educação), Nilton Borgato (Ciência, Tecnologia Inovação) e Walter Valverde (adjunto de Investimentos e Negócios da Sedec). Além do presidente da Ordem dos Advogados do Brasil em Mato Grosso, Leonardo Campos, e outros representantes do Ibrachina, da OAB e da Assembleia Legislativa.

Protocolo de intenções

O Ibrachina tem como foco a promoção e integração entre a cultura jurídica brasileira e chinesa por meio da tradução e divulgação de documentos, possuindo grande expertise nas relações jurídicas e de comércio exterior com a China. O Instituto promove palestras, debates e workshops promovendo o intercâmbio de conhecimento e cultura, bem como estabelecendo oportunidades de firmamento de parcerias. O Ibrachina integra a Frente Parlamentar Brasil China e a Frente Parlamentar BRICS nacional e possui parcerias com várias universidades, institutos e entidades brasileiras.

Leia Também:  Governo apresenta plano de integração do transporte coletivo e BRT às prefeituras de Cuiabá e VG

A expertise jurídica e comercial do Instituto Sociocultural Brasil-China irá auxiliar o Estado de Mato Grosso no seu posicionamento firme no mercado chinês, apoiando as empresas mato-grossenses de forma consultiva na inserção ou consolidação em tal mercado igualmente pode ser útil para promover aproximações e parcerias nas áreas de educação, turismo, cultura, educação e tecnologia entre outras.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CIDADES

CIDADES53 minutos atrás

Prefeito Alex acompanha primeiras vacinações contra covid-19 em Rosário Oeste

Técnica de Enfermagem Perolina Stoffel foi a primeira a ser vacinada em Rosário Oeste

CIDADES8 horas atrás

ALTO PARAGUAI: MPMT cobra realização de inspeção para coibir venda ilegal de carne

O Ministério Público do Estado de Mato Grosso notificou a Secretaria Municipal de Saúde de Alto Paraguai, município distante 199...

CIDADES8 horas atrás

PM registra roubo de gado em área rural de Nova Olimpia MT

A policia militar foi informada que nesta segunda-feira (18) por volta das 17 horas, oito indivíduos armados invadiram a fazenda...

CIDADES19 horas atrás

ROSÁRIO: Homem procurado, com mandado de prisão preventiva reage a abordagem policial e é baleado.

Mesmo atingido na região do abdômen, o foragido ainda conseguiu correr com um revólver na mão, mas caiu no corredor...

CIDADES23 horas atrás

Enfermeira fala sobre as vacinas contra o covid que virão para Rosário Oeste

A Enfermeira Jerusa Amaral, responsável pelo Centro de Covid de Rosário Oeste foi entrevistada pelo Radialista João de Deus na...

CIDADES1 dia atrás

NOBRES: Médico de 49 anos tem alta após quatro meses internado com Covid-19

Esmeraldo é médico em Nobres, a 151 km de Cuiabá, e trabalhava na linha de frente contra o coronavírus quando...

CIDADES1 dia atrás

Homem morto em Diamantino já havia sido preso antes em Lucas do Rio Verde

Homem havia sido preso em Lucas do Rio Verde em dezembro do ano passado

MATO GROSSO

POLICIAL

POLÍTICA MT

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA