conecte-se conosco


POLÍTICA MT

PL concede linha de crédito a dentistas afetados pela crise gerada pelo coronavírus

Publicados

em

 

.

Foto: ANGELO VARELA / ALMT

Em apoio ao segmento de dentistas afetados economicamente pela pandemia do novo coronavírus, tramita na Assembleia Legislativa de Mato Grosso o Projeto de Lei Nº 567/20, de autoria do deputado estadual Silvio Fávero, que dispõe sobre a concessão de linha especial de crédito a estes profissionais por meio da agência de fomento estadual, Desenvolve MT.

A iniciativa do parlamentar vai ao encontro de uma série de ações desenvolvidas pelo Conselho Regional de Odontologia (CRO-MT) inseridas no programa Valorize Odonto, capitaneadas pelo presidente da autarquia Dr. Sandro Stefanini. Essas ações estão voltadas ao reconhecimento dos profissionais da área por meio de projetos de lei e diversas medidas em apoio à classe, com benefícios diretos para população.

“Em nome do CRO posso dizer que estou muito grato em ter, a partir de agora, no deputado Silvio Fávero um amigo da Odontologia dentro do Poder Legislativo estadual. Na prática, isso significa o apoio em futuros projetos de lei e possíveis políticas públicas que valorizem todos nós e represente, também, profissionais cada vez mais capacitados, paramentados e preparados para atender toda a sociedade mato-grossense. De nossa parte, daremos todo o apoio técnico que o deputado precisar e estaremos ao dispor para ajudar no que for preciso”, pontuou Stefanini

Leia Também:  Assembleia Social promove neste domingo (12), missa drive in no estacionamento do Teatro Zulmira Canavarros

De acordo com a matéria, idealizada por Fávero para mitigar os impactos da crise econômica mundial no segmento dos dentistas, os financiamentos concedidos pelo Desenvolve MT poderão ter valor máximo de R$ 50 mil reais, com prazo de 24 meses e carência máxima até 31 de dezembro de 2021.

Com pouco mais de 8.200 profissionais inscritos hoje em todo o Estado, o Conselho Regional de Odontologia de Mato Grosso representa não apenas cirurgiões-dentistas, como também Auxiliares em Saúde Bucal (ASB), Técnicos em Saúde Bucal (TSB), Auxiliares em Prótese Dentária (APD) e Técnico em Prótese Dentária (TPD). Para o presidente da autarquia, o apoio de um parlamentar é um marco para a classe.

“Agradeço a confiança que o CRO-MT depositou em mim enquanto parlamentar e quero ser a voz da odontologia na Assembleia Legislativa. Reforço também que o papel da Odontologia é de fundamental importância e entendo que é um serviço essencial para todos nós, inclusive neste período que estamos enfrentando agora, com esta pandemia”, afirmou Fávero.

Leia Também:  Mato Grosso paga até 69% mais barato por testes rápidos em relação a outros estados

 

Fonte: ALMT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

POLÍTICA MT

Deputados se unem para combater fake news sobre voto à alíquota dos 14%

Publicados

em


.

Foto: FABLICIO RODRIGUES / ALMT

Os deputados estaduais João Batista do Sindspen (Pros) e Delegado Claudinei (PSL) usaram suas contas nas redes sociais para combater fake news envolvendo a PEC (6/2020) que aumentou a alíquota dos aposentados de 11% para 14%. Ambos os parlamentares votaram contra o projeto, que entrou em pauta em janeiro deste ano. Na época, mesmo sob a pressão dos servidores públicos presentes durante a sessão, a matéria foi aprovada com 16 votos favoráveis e 7 contrários.

João Batista conta que tem se deparado constantemente com situações onde é preciso “desmentir” a questão da alíquota, afirmando que o mesmo está acontecendo com o colega parlamentar Delegado Claudinei.

“O momento agora é de debater as regras de transições da PEC 06/2020. Existem aqueles que tentam desconstruir a imagem do deputado que é servidor público, assim como é o meu caso e do Claudinei. Na AL lutamos pelo servidor público como um todo, e conseguimos garantir direitos, principalmente para a segurança pública. Agora, na segunda fase da tramitação, vamos tentar garantir que mais emendas sejam aprovadas”, disse João Batista.

Leia Também:  Enel é multada em R$ 10 milhões por cobranças abusivas

O parlamentar Delegado Claudinei, em uma rede social, explicou sobre os estágios de tramitação no que diz respeito a Reforma da Previdência, lembrando sobre a votação que tratou da alíquota é a mais recente, que trata sobre as regras de transição, paridade e integralidade dos salários dos servidores.

“Naquela primeira votação [sobre a alíquota] eu votei contra. Infelizmente nossos votos [os contrários] foram vencidos e agora, com a elevação de 11% para 14%, podemos ver que os servidores públicos, principalmente os aposentados e pensionistas, estão sofrendo com o desconto nos salários. Daqui para frente, até a segunda votação, vamos trabalhar novas emendas para serem incluídas na PEC [6/202]. Vamos combater as fake news e garantir o que for de direito dos servidores públicos e diminuir esse prejuízo”, comentou Claudinei em sua publicação.

 

Fonte: ALMT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

LEGISLATIVO

MATO GROSSO

POLICIAL

POLÍTICA MT

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA NACIONAL

MAIS LIDAS DA SEMANA