conecte-se conosco


MATO GROSSO

Seciteci recebe cerca de 5 mil inscrições nos cursos gratuitos de EAD

Publicados

em

 

.

A Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Seciteci) recebeu 4.830 inscrições para os cursos gratuitos de Operador de Computador e Promotor de Vendas, promovidos na modalidade de ensino à distância (EAD). Os cursos serão desenvolvidos pela Seciteci em parceria com o governo federal, por meio do programa ‘Novos Caminhos’.

O secretário da Seciteci, Nilton Borgato, explica que ao todo, foram ofertadas 650 vagas para os dois cursos de Formação Inicial e Continuada (FIC) – 350 para Operador de Computador e 300 para Promotor de Vendas. “Tivemos um número de inscrições muito acima do esperado e, de acordo com a pactuação que temos com o Ministério da Educação, esse número é restrito para este primeiro semestre”, afirma.

Entretanto, o secretário informa que a Seciteci lançará um novo edital no próximo semestre que deve atender aos inscritos que não foram contemplados, além de outros interessados. “Esse momento de crise causado pela pandemia do novo coronavírus fez com que ocorresse uma série de transformações no dia a dia da sociedade. E temos que estar preparados para essa realidade de aprendizagem que já existia, mas que agora se tornou fundamental” diz.

Leia Também:  Cadeia Feminina de Nortelândia amplia vagas e entrega obra de ressocialização

O curso de Operador de Computador recebeu 2.878 inscrições, enquanto que o de Promotor de Vendas registrou 1.952 inscritos. A Seciteci realizará os cursos por meio das Escolas Técnicas Estaduais dos municípios de Barra do Garças, Tangará da Serra, Rondonópolis e Lucas do Rio Verde. A carga horária de cada curso será de 160 horas em um ambiente virtual de aprendizagem (AVA).

O início das aulas teve um calendário diferenciado. Nas unidades de Rondonópolis e Lucas do Rio Verde os alunos começaram as atividades no dia 15 de junho, em Tangará da Serra as aulas tiveram início no dia 22 de junho e, na unidade de Barra do Garças, as aulas iniciam nesta segunda-feira (29).

O secretário de Educação Profissional e Superior da Seciteci, Stephano do Carmo, ressalta que por meio da qualificação profissional, o cidadão tem mais oportunidade para conquistar uma vaga de emprego.

“A Seciteci está apta para oferecer ensino de qualidade a distância. Nossa equipe se empenhou muito para entregar conteúdos relevantes no processo de aprendizagem.  Então eu aconselho ao aluno criar uma rotina de estudos para manter o foco. Procurar um local adequado e confortável para estudar. Com disciplina, o aluno certamente conseguirá aproveitar ao máximo o curso”, aconselha o gestor.

Leia Também:  Seciteci mobiliza equipes de ensino para receber Plano Pedagógico Estratégico
Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MATO GROSSO

Catadores do Lixão de Cuiabá são beneficiados com cestas básicas e cobertores

Publicados

em


.

Mais de 350 famílias que sobrevivem da reciclagem de lixos retirados do Aterro Sanitário de Cuiabá foram beneficiadas novamente com a campanha “Vem Ser Mais Solidário – MT unido contra o coronavírus”. Essa já é a segunda entrega realiza no local desde que a pandemia se instalou no Estado.  Além de alimentos e produtos de limpeza e higiene, os catadores receberam também cobertores do programa Aconchego. 

As ações solidarias do Governo do Estado são realizadas pela Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc) e lideradas voluntariamente pela primeira-dama, Virginia Mendes. 

A secretária da Setasc, Rosamaria Carvalho, que acompanhou pessoalmente a distribuição das cestas básicas, destacou a importância das ações para as famílias carentes e que também foram prejudicadas pela pandemia. “A intenção do Governo do Estado é oferecer um pouco de proteção paras essas pessoas que se enquadram na situação de extrema vulnerabilidade social e econômica. As iniciativas são todas lideradas voluntariamente pela primeira-dama do Estado, que tem um olhar fraterno por essas famílias”. 

O representante do Movimento Nacional dos Catadores, Tiago Silva, ressaltou que o sentimento é de gratidão por mais uma vez ser lembrado pela primeira-dama. “As famílias atendidas foram afetadas pela crise. Esses alimentos vieram atender quem realmente precisa”.

Leia Também:  Detran-MT dispõe de canal para tirar dúvidas e prestar informações aos cidadãos

Antônio de Oliveira, que é vice-presidente da Cooperativa dos Trabalhadores de Materiais Recicláveis (Coopemar), contou que devido a pandemia as vendas de materiais recicláveis caíram. “A maioria desses materiais vendemos para empresas em São Paulo, mas devido a essa crise, muitas delas estão com as portas fechadas. O nosso estoque está maior que o esperado e as famílias não estão tendo renda por falta de venda desses produtos”. 

Para o catador Willian de Jesus, toda ajuda recebida é muito bem-vinda. “Só podemos agradecer por receber essas cestas e esses cobertores”.

 Aconchego

O Programa Aconchego, que já está em sua segunda edição, vai distribuir 200 mil cobertores paras as pessoas mais vulneráveis. No ano passado, foram beneficiadas 100 mil pessoas em todo Estado. E este ano a meta foi dobrada, em razão do aumento de pessoas carentes e em situação de vulnerabilidade social. 

Além dos municípios, os cobertores também serão entregues para moradores de rua, comunidades indígenas, entidades filantrópicas e famílias que se enquadram em situação de extrema vulnerabilidade. 

Para o cadastro de atendimento, as instituições, entidades e/ou grupos representativos devem enviar um ofício para o e-mail [email protected], com a lista das pessoas que serão beneficiadas, contendo nome completo, CPF, nome da mãe e número de identificação social (NIS).

Leia Também:  Sábado (11): Mato Grosso registra 28.526 casos e 1.047 óbitos por Covid-19

Vem Ser Mais Solidário

A Campanha Vem Ser Mais Solidário – MT unido contra o coronavírus já está na segunda etapa e tem como meta distribuir mais de 100
mil cestas básicas nesta segunda fase. 

Em pouco mais de dois meses, a ação, que é liderada voluntariamente pela primeira-dama Virginia Mendes, arrecadou mais de R$ 5 milhões em doações, recursos que serão revertidos na compra de mais cestas básicas.

Esses recursos, somados aos investimentos realizados diretamente pelo Governo de Mato Grosso, vão possibilitar a distribuição de aproximadamente 230 mil cestas básicas ao todo, em todo Estado, beneficiando famílias carentes nos 141 municípios, algo em torno de 1,150 milhão de mato-grossenses, tendo em vista que cada cesta é capaz de alimentar uma família com cinco pessoas em média.

Se você quiser ajudar pode doar recursos diretamente na conta bancária especial, aberta exclusivamente para isso: Banco do Brasil, agência 3834-2, conta corrente número 1.042.810-0 (CNPJ 03.507.415/0009-00). Todas as doações serão revertidas para compra de cestas básicas.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

LEGISLATIVO

MATO GROSSO

POLICIAL

POLÍTICA MT

ENTRETENIMENTO

POLÍTICA NACIONAL

MAIS LIDAS DA SEMANA